Ciclos

Bem, como esse é o último artigo escrito, desse ano, no meu Blog, resolvi, por bem, falar um pouco sobre ciclos, que entendo ser uma série ou sucessão de fatos que aconteceram em um determinado espaço de tempo, que têm início, meio e fim.

Como adoro pesquisar a origem das palavras, não podia deixar de pesquisar sobre a definição de ciclo (fonte Google): “é uma palavra com origem no termo grego Kyklos que significa uma série de fenômenos cíclicos, ou seja, que se renovam de forma constante.

Amor

Falar de amor, definir o que é o amor, trata-se de grande desafio, pois para cada pessoa, o amor pode significar algo diferente.
Entendo que é quase unânime que o amor é o sentimento mais importante para os seres e, ao meu ver, é o que está faltando no Mundo! Digo quase, pois, em se tratando de seres humanos, as coisas nunca são tão simples.

Quem somos nós? parte II

Falando ainda sobre nós, Homo Sapiens, ocorreram muitas reflexões adicionais! Tema que não se esgota, não é mesmo?
Nos últimos tempos, tenho relembrado o que aprendi nas cadeiras e mesas escolares, tendo mergulhado nos estudos sobre a História da Humanidade! Quantos fatos para nos apoiar no estudo do comportamento humano! Me deleitei… Passei pela Pré-História, Primeiras Civilizações, Mundo Romano, Mundo Asiático, Construção da Europa, Descobrimentos, Início dos Tempos Modernos e, assim foi, até chegar na Época Atual, dita como um período de Inquietação.

Quem Somos Nós?

“Homo Sapiens”, termo que deriva do latim “homem sábio”, ser humano, ser pessoa, gente ou homem, é a única espécie animal ainda viva de primata bípede do gênero Homo. A espécie surgiu há cerca de 350 mil anos na região leste da África e adquiriu comportamento moderno há cerca de 50 mil anos (Wikipédia)”.

Podemos sair dessa classificação taxonômica e dizer também que nós somos a soma de nossas escolhas, renúncias, decisões etc.

Emoções

Nos dias atuais, estamos percebendo nossas emoções e o quanto elas impactam para o bem ou para o mal nossos comportamentos e ações para conosco e para com as demais pessoas?

Há algumas décadas se fala bastante de emoções, inteligência emocional etc tendo sido esse tema retratado em várias obras e sendo objeto de ferramentas para mapear as emoções das pessoas, porém questiono o quanto esse tema vem avançando realmente na sociedade? E mais do que avançando, vem impactando positivamente a sociedade, seja de nós para nós mesmos ou de nós para com os outros?

Diferenças! Como nos comportamos diante delas?

Vamos iniciar esse escrito por algumas questões relacionadas ao conceito de Diferenças (substantivo feminino):

É a qualidade que permite que algo se distinga de outra coisa. O termo que deriva do latim differentia pode ser usado para mencionar a variedade de coisas de uma mesma espécie. Nesse caso, podemos usar como exemplo o automóvel – o automóvel X difere do automóvel Y pois o primeiro tem mais potência que o segundo.